SANTOS É CAMPEÃO PAULISTA DE LEVANTAMENTO DE PESO COM QUEBRA DE RECORDE

Se no futebol profissional o Santos FC não conquista um título há cinco anos, no powerlifting (levantamento de peso), o Peixe foi campeão paulista com direito a quebra de recorde. A competição estadual ocorreu nos últimos dias 15 e 16, no Centro de Treinamento Ciclo Powerlifting GCP, em São Vicente.

O powerlifting é dividido em três modalidades: agachamento, o supino e o levantamento terra.

O atleta Eduardo Arenas, de 39 anos, se tornou o primeiro brasileiro com deficiência física a superar os 300 kg na modalidade levantamento terra, categoria especial até 125 kg.

Arenas é conhecido pelos colegas como “imortal”, por ter uma grande história de superação. Mesmo convivendo com insuficiência cardíaca, sem artéria na perna direita, além de romper o tendão do peitoral maior, após um acidente competindo, o atleta não desistiu do esporte e comemorou o recorde brasileiro.

“É uma sensação maravilhosa ser o campeão e ainda quebrar o recorde, eu entrei para a história. Não consegui nem dormir direito e ainda tinha que competir no domingo. Não há dinheiro que compre”, afirmou o atleta, que foi campeão também da modalidade powerlifting (junção das três modalidades).

Outros quatro atletas garantiram o título para a equipe do Santos FC. Serafim Rocha Lima Filho foi campeão estadual pela categoria máster 7, até 110 kg, em agachamento, supino e levantamento terra.

André Leal Madeira também trouxe mais conquistas ao Peixe. O atleta foi campeão paulista pela oitava vez na categoria máster 3, até 82,5 kg, além do levantamento terra equipado.

Já Marcos Feliciano, conhecido como “Diabo”, faturou o tricampeonato paulista (2019, 2020 e 2021) da categoria máster 2, acima de 140 kg.

O Peixe fechou com a nova equipe de powerlifting em dezembro de 2020, após parceria com o Santos Tsunami.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Portal Santos News© 2022. Todos os Direitos Reservados.