Santos corre risco de sofrer busca e apreensão por caso veríssimo

O Santos tem cinco dias para apresentar as documentações referentes à venda do zagueiro Lucas Veríssimo, que foi negociado esse ano com o Benfica (POR). O Alvinegro havia se recusado a mostrar a papelada, mas agora a Justiça ordenou a entrega dos documentos. Caso contrário, um oficial fará uma busca e apreensão nas dependências do clube.

Toda essa situação ocorre porque a atual gestão entregou apenas um dos oito documentos solicitados pela empresa NBK, que junta provas contra o clube por conta da negociação com os portugueses pelo zagueiro. Por conta disso, o Santos foi intimado a apresentar esses documentos depois de nova petição da NBK.

Um dos itens que integram a papelada solicitada pela NBK é um termo de rescisão do contrato de trabalho, mas a gestão Rueda se recusou a mostrar. A justificativa é que o instrumento foi cumprido até fevereiro de 2015, mesmo com atleta tendo permanecido no Santos até meados deste ano.

Veríssimo saiu do Santos e hoje é zagueiro do Benfica e da Seleção brasileira (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

*Colaboração de Paulo Santos

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Portal Santos News© 2022. Todos os Direitos Reservados.