EM NOTA, SANGUE JOVEM DIZ TOMAR MEDIDAS CONTRA O SANTOS E IMPRENSA: “ACUSAÇÕES MENTIROSAS”

A Torcida Sangue Jovem rebateu o Santos FC, em nota, após o Peixe abrir um Boletim de Ocorrência contra a organizada, nesta terça-feira (11), onde relata um ataque ao ônibus do clube e a invasão ao CT Rei Pelé, no último domingo (9), após a partida contra o São Bento, realizada na Vila Belmiro.

Através das redes sociais, a Sangue Jovem prometeu tomar as medidas cabíveis mediante ao seu advogado, contra as “acusações mentirosas”. A organizada afirmou ter feito o protesto após o jogo, mas nega que seja por cunho político.

O advogado que representa o Santos, Pedro Felipe Gomes da Silva, relatou no B.O que o ônibus do clube foi alvo de “foguetes, pedras e coquetel molotov” e que há imagens de câmeras que vão confirmar o ato, posteriormente. O registro foi feito na 2ª Delegacia de Polícia de Santos.

Confira a nota oficial da Sangue Jovem:

“A Sangue Jovem vem, através desta, anunciar que em defesa contra as acusações que a entidade e nosso presidente sofrem atualmente, em momento algum a torcida e seus associados atacamos com pedras ou coquetéis molotov no ônibus do time no último domingo, após o jogo contra o São Bento (9/5), na Vila Belmiro.

Cobramos mais garra e honra sim na data citada, esperando o time na rua Princesa Isabel, onde em momento algum foi atacado nenhum objeto contra o ônibus, apenas então entoando gritos de protesto contra a atual situação do clube.

Nunca ocorreu lançamento de fogos de artifício em residências dos funcionários do clube, como tal acusação relata. Também negamos veemente que a torcida possua motivação política, como citado em uma matéria na imprensa.

Repudiamos totalmente as atitudes que compõe essas acusações mentirosas, e declaramos que as devidas medidas estarão sendo tomadas mediante ao nosso advogado.

Sem mais, à diretoria.”

Foto: Reprodução

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Portal Santos News© 2022.